Enhanced People

O futebol, a fábrica de sabonetes e o banco

Posted on: 17 agosto 2008

Ao mesmo tempo que estou sempre analisando novos caminhos na minha dedicada luta para aumentar minha “sorte”, vejo que caminhos já trilhados merecem bastante atenção. Quando olho para o futebol brasileiro, vejo ainda uma realidade bastante distante da que vislumbro para o setor. Não falo do que ocorre nas partidas, pois, considerando o meu limitado conhecimento técnico e tático de um jogo de futebol, prefiro não opinar sobre o que ocorre dentro de campo, mas falo da gestão das equipes, indiscutivelmente bastante atrasadas quando se comparam as metodologias adotadas e se verificam as boas práticas de gestão utilizadas pelas boas empresas.

Como já ouvi diversas vezes que “no futebol é diferente”, como sei que ainda ouvirei isso, e como conheço profundamente como funciona um dos maiores clube do futebol brasileiro e pude ainda conhecer alguns outros do país, reafirmo o que já disse em um dos meus artigos da Cidade do Futebol, sim, futebol é diferente, tão diferente quanto uma fábrica de sabonetes é de um banco, e conheço fábricas de sabonetes com ótimos processos e ótimos resultados e bancos de extremo sucesso, ambos com suas particularidades mas buscando soluções que não podem seguir outro caminho a não ser a busca constante pela excelência em gestão.

Enfim, apesar de olhar com atenção o que ocorre no mundo, constantemente analisando diversos segmentos do mercado, sinto que poderia estar sendo até mesmo um pouco egoísta se, pelo bom relacionamento conquistado no meio, baseado em bons resultados, deixasse de buscar soluções para o futebol brasileiro, e continuo lutando para levar o mínimo do que se faz nas empresas de sucesso para o esporte, a ponto de buscar atualmente alternativas viáveis para que clubes menores se estruturem, ao mesmo tempo em que novas soluções para os grandes continuam em estudo e desenvolvimento, afinal são grandes apenas no tamanho e no faturamento (mal utilizado), pois, com raras excessões, são tão desestruturados quanto os pequenos.

Não podemos, no entanto, desperdiçar tempo com clubes que não querem efetivamente melhorar, em que haja falta de seriedade, falta de vontade e excesso de política. Felizmente há um outro lado, de dirigentes que buscam gestores sérios e competentes e que desejam o sucesso das suas equipes, acima de interesses pessoais, e esses merecem atenção pois são as boas decisões de hoje que definirão o lugar em que estará o futebol brasileiro nos próximos anos.

Não deixe de visitar meu novo site: www.dicasefatos.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Visitantes

Categorias

Blog Stats

  • 20,261 hits

RSS ePeople

Do Dicas e Fatos

Dicas e Fatos - Meu dinheiro Dicas e Fatos - Meu computador

AlessandroGon

%d blogueiros gostam disto: