Enhanced People

A maior conversa que já tive comigo

Posted on: 21 abril 2011

É impressionante o que a nossa mente pode fazer com a gente, e isso todo mundo sabe e vive (e muitas vezes sofre).

Mas o mais impressionante é o que nós podemos fazer com a nossa mente, e isso poucas pessoas sabem.

Nesta semana tive a maior discussão, o maior sermão de convencimento, a maior conversa comigo mesmo que já tive na vida, e o mais impressionante é que consegui o que queria, e era algo difícil, demorou horas e envolvia emoções e sentimentos fortes. Como resultado, me livrei dos sentimentos negativos, dos que traziam sofrimento, e fiquei com os positivos, vivendo a mesmíssima situação, porém feliz, grato e ainda entusiasmado com a “façanha”. A ansiedade e a angústia foram embora e a paciência, o equilíbrio e a calma voltaram, voltei a ser o que sou, mudando radicalmente meu estado de espírito em algumas horas, um estado que durava dias e já me tirava o sono por 3 noites.

Não vou dizer o que é por ser algo bastante pessoal, e o que quero é que todos tenham a consciência de que podemos sim tomar conta dos nossos pensamentos, “sair” um pouco da nossa mente, observar o que tá acontecendo, tomar a decisão de mudar e então agir pra que isso aconteça.

Ok, na verdade isso não é fácil, absolutamente não é! É preciso determinação, decisão sem volta, inexistência de dúvida, saber o que quer não cogitar mudar o caminho até conseguir.

Eu pelo menos, pra ter sucesso nesse tipo de situação, uso pequenas vitórias que faço questão de colecionar. Já estive em diversas situações na vida em que havia uma atividade bastante difícil, em que víamos muitos ansiosos, pensando em como cumprir, e havia algo de destaque para o vencedor. Mas no meu estado normal, meu pensamento sempre foi: “Se é difícil pra mim é difícil pra todo mundo, e se é pra fazer o que é difícil, faça bem feito, fazer já é uma vitória mas não me contento em simplesmente fazer, vou ser o melhor, VOU ser o primeiro.”. E fui, algumas vezes, e lembro disso pra buscar cada nova vitória.

Sei também que ter essa determinação, essa vontade, não é fácil mesmo, depende do momento da vida e eu mesmo não fiz isso em várias outras situações. Só que o único culpado fui eu, a única pessoa que me limitava era eu mesmo e eu é que tinha que descobrir os caminhos pra me superar sempre.

Espero que a vontade seja sempre maior do que a dor, que a consciência de que há sempre um bom caminho a seguir faça parte de cada um de vocês e que sejamos juntos todos felizes!

Anúncios

1 Response to "A maior conversa que já tive comigo"

ual, adorei o texto. há alguns meses atras tranquei a faculdade – era um curso que nao estava satisfeita – me isolei de alguns amigos e de algumas pessoas que nao estavam me fazendo bem, para quem sabe ve se encontrava algumas respostas que venho buscando há muito tempo. Não posso dizer que consegui enfim concluir essa tarefa, mais hoje olho para tras e nao me arrependo, pq hoje eu sei o curso que eu quero, sei quem são meus amigos verdadeiros e melhor, meu coração está limpo sem nenhum amor que possa feri-lo novamente. Me sinto bem, mais ainda não pronta para enfrentar o mundo novamente, tenho muitas coisas para aprender. e essa convivencia comigo mesma esta me fazendo bem, por que hoje eu sei quem sou e o que eu quero. e no meio de tantos conflitos comigo mesmo, eu posso dizer que sozinha sem ajuda de um profissional eu consegui e venho conseguindo me sair bem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Visitantes

Categorias

Blog Stats

  • 20,206 hits

RSS ePeople

Do Dicas e Fatos

Dicas e Fatos - Meu dinheiro Dicas e Fatos - Meu computador

AlessandroGon

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: